PODCAST DAS MENINAS APROVADO

Rayane

Há seis meses divulgamos aqui no Observatório um concurso continental para apoio financeiro e técnico a projetos de intervenção educativa na promoção do respeito à diversidade religiosa e à liberdade de religião e crença ou convicção. Pois, as nossas pesquisadoras Rayane Marinho e Rebeca Carvalho (essas pirralhas aí das fotos) foram aprovadas para participarem do programa “Aprender no Plural”, desenvolvido pela Red Latinoamericana y del Caribe por la Democracia (REDLAD) e Otros Cruces, que patrocina grupos de jovens de países estratégicos na América Latina, entre eles o Brasil, para implementação de ações que ampliem a consciência cultural de nossa diversidade espiritual, bem como provoquem os governos para o cumprimento da Resolução 2941 sobre liberdade religiosa da OEA.

Rebeca

Após a proposta delas ser selecionada (entre as 22 inscritas), a dupla iniciou a jornada de incubação no projeto “Creer en Plural”, com uma série de sessões de treinamento (foto do zoom ao lado) para o aperfeiçoamento das atividades. Estudaram sobre a liberdade religiosa como direito humano (aprofundando a Declaração de Beirute e os Compromissos de Fé por Direitos, além da Pesquisa Regional sobre Religiões e Direitos). Envolveram-se também nas formações para gestão de projetos e acesso a recursos, assim como administração inovadora de projetos sociais. Durante as reuniões, puderam discutir sobre o impacto da intervenção planejada e a capacidade técnica para sua execução, além de realizar ajustes finais para apresentação da proposta (pitch) no Evento de Gala. Após várias etapas, então, a ideia das meninas foi uma das 4 aprovadas pelo comitê de seleção e o grupo vai receber acompanhamento da REDLAD, além de aporte financeiro, para desenvolver a ação.

A proposta apresentada por Rayane e Rebeca visa a produção de um podcast (programas de áudio pela internet), que contará também com legendas para pessoas com deficiência auditiva acessarem o conteúdo. A produção tem o objetivo de conectar pessoas e promover diálogo inclusivo e tolerante entre culturas e religiões distintas, mediante entrevista com pesquisadores, representantes e praticantes de várias tradições espirituais. Com esse espaço de comunicação, buscam colaborar para a ampliação e renovação da racionalidade sobre o fato religioso, bem como construir diálogo inter-religioso com temas que envolvem os direitos humanos, como feminismo, LGBTQIA+, racismo, justiça socioambiental e monitoramento de políticas públicas. A ideia é debater sobre as várias expressões de fé com relação às temáticas que as pessoas vivenciam no seu dia a dia e abrir espaço para que minorias falem sobre suas experiências religiosas.

Os primeiros equipamentos e investimentos do nosso Observatório foram financiados através de projeto apoiado pela Fédération Internationale des Universités Catholiques. Agora, pesquisadores e pesquisadoras que ajudamos a formar começam a conquistar financiamentos para os seus próprios projetos. Estamos todos orgulhosos com a conquista das nossas meninas, além de muito contentes com o serviço que vão prestar à comunidade e às próprias religiões. O lançamento do episódio piloto será em 8 de junho e o acesso à série de programas pode ser por aqui: https://www.instagram.com/tucrepodcast.

Pra saber mais:

Direitos Humanos e religião

Religiões e reconstrução dos Direitos

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.