FRATERNIDADE ECUMÊNICA

 

No Recife, com participação do nosso Observatório das Religiões, o lançamento ecumênico da Campanha da Fraternidade (Ecumênica) de 2016 reuniu, na tarde do domingo 14 de fevereiro, no auditório da Faculdade de Filosofia, ortodoxos, anglicanos, batistas, luteranos, católicos… Cristãos se mobilizando pelo saneamento básico para os pobres, em defesa da ecologia e integridade da criação divina. Igrejas que vão construindo unidade na diversidade, pela oração em comum e pela serviço solidário à vida do mundo.

No Brasil, desde 1963, realiza-se pela CNBB, durante o tempo litúrgico da Quaresma, a Campanha da Fraternidade. Ela propõe cada ano uma motivação comunitária para a conversão e a mudança de vida. Em 2016, a Campanha trata do saneamento. Ela tem como tema: “Casa comum, nossa responsabilidade”. Seu lema bíblico é tomado do Profeta Amós: “Quero ver o direito brotar como fonte e a justiça qual riacho que não seca”.

A Campanha da Fraternidade Ecumênica é uma iniciativa que tem sido realizada a cada cinco anos por diversas denominações cristãs, sob coordenação do CONIC, valorizando o que cada Igreja tem de bom. A primeira foi organizada no ano 2000, e teve como tema “Dignidade humana e paz”, e o lema escolhido foi: “Novo milênio sem exclusões”. A segunda edição, em 2005 , falou sobre “Solidariedade e paz”, com o lema: “Felizes os que promovem a paz”. Em 2010, o tema versou sobre “Economia e Vida”, com o lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”.

 

 

Para saber mais:

Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil

Da intolerância ao diálogo

Unicap apoiando ecumenismo

Fundamentalismos e esperanças

 

2 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.