ESPIRITUALIDADE E RELIGIÃO NO CIBERESPAÇO

 

“Criar meu web site
Fazer minha home-page
Com quantos gigabytes
Se faz uma jangada
Um barco que veleje
Que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve um oriki do meu velho orixá
Ao porto de um disquete de um micro em Taipé…”

A canção Pela internet, de Gilberto Gil, pode servir de tema pras celebrações deste mês. É que nestas férias de julho temos de comemorar a publicação de dois trabalhos acadêmicos com participações decisivas dos membros do Observatório Transdisciplinar das Religiões no Recife, todos relacionados com Espiritualidade e Internet. O primeiro, no nível de extensão universitária, é a Entrevista com Antonio Spadaro e Gilbraz Aragão, realizada pelo nosso Luca Pacheco no Programa Teologando da UNICAP. Trata-se de um programa audiovisual periódico de entrevistas: o nome “Teologando“ expressa a vocação do programa ser um espaço de interlocução entre o saber teológico e a cultura pós-moderna, caracterizada justamente pelo uso da Internet como lugar privilegiado de comunicação.

“Logar” é estar “conectado”. O programa é uma tentativa de habitar esse novo espaço de intersecção entre diversos saberes e trazer para esse fórum as contribuições do saber teológico. O termo “Teo”, expressa, então, a abertura da teologia para a pluralidade de temas que a cultura pós-moderna coloca em pauta. Guiado por Luca, o programa (acima) traz agora um rico debate sobre espiritualidade e religião no ciberespaço, com a participação do coordenador do nosso Observatório, Gilbraz Aragão, e do padre Spadaro, jesuíta italiano que é professor do Centro Interdisciplinar de Comunicações Sociais (CICS) da Universidade Gregoriana e diretor da revista La Civiltà Cattolica, da qual é assíduo redator, com artigos sobre novas tecnologias de comunicação. Recentemente, inclusive, publicou uma conversa com o Papa Francisco (veja por aqui).

GRD_29617_14253O segundo trabalho, mais no nível da pesquisa acadêmica, acabou de ser publicado pelas Edições Loyola (a capa está ao lado, a aquisições pode ser feita por aqui) e deve ser lançado no próximo 16 de julho às 19h30 no Congresso Internacional da SOTER. Trata-se do livro Espiritualidade e sagrado no mundo cibernético: questões de método e vivências em Ciências da Religião, que foi organizado pelo membro de nosso Observatório, Valter Luís de Avellar, junto com Emerson José Sena da Silveira, do Programa de Pós em Ciências da Religião da UFJF. Os organizadores também assinam o capítulo de abertura da obra, Questões metodológicas da pesquisa sobre religião na Internet, e o nosso Valter ainda colabora com mais dois capítulos: Cibercultura e religiosidade: interfaces, e O novo tempo espiritual e religioso nas redes sociais do ciberespaço.

A coletânea, que resulta de pesquisas na área dos estudos da religião, depois de uma seção introdutória sobre “O fenômeno religioso na Internet”, traz mais duas: “No mundo virtual católico” e “Vivências em outras religiões”. O prefácio é do irmão Marcelo Barros, conhecido animador de pastorais populares e do diálogo entre tradições espirituais, além de membro do nosso Observatório das Religiões no Recife. O Observatório da gente aparece também através do capítulo de Mariano Vicente da Silva Filho (junto com o professor Gilbraz), sobre A cibercultura e a religiosidade católica: uma leitura transdisciplinar dos desafios e paradoxos da nova configuração do sagrado em ambiente digital. Temos ainda o capítulo da professora Zuleica Dantas, da UNICAP, sobre Religiões afro-pernambucanas e internet: os usos do mundo virtual, entre outros instigantes textos.

“… Os capítulos de Espiritualidade e sagrado no mundo cibernético expressam uma tendência nas Ciências da Religião: o crescente interesse em estudar um tema pouco desbravado. Pelo surgimento recente do ciberespaço, a perspectiva “internet e fenômeno religioso” tornou-se objeto de reflexão, pesquisa e estudo. Apenas em anos recentes, pesquisadores têm concentrado seus esforços compreensivos sobre o fenômeno religioso na internet, produzindo artigos científicos e pesquisas, que orientam iniciações científicas, mestrados e doutorados, e publicado livros, dando início à construção de instrumental teórico adequado. Este livro pretende contribuir para a compreensão desse fenômeno e oferecer subsídios teóricos e metodológicos para firmar definitivamente essa subárea de pesquisa no espectro atual das Ciências da Religião no Brasil…”

Em conversas no Grupo de Estudos sobre Transdisciplinaridade, temos visto que a Internet pode ser mesmo um caminho interessante pra espiritualidade, sobretudo a transreligiosa, desde que se plante nele muita muda de poesia, que é um método comprovado para se fazer amor a distância. Nessa mesma linha, em mensagem para o Dia Mundial das Comunicações, o papa Francisco disse agora que os meios de comunicação e a Internet, os quais ele chamou de “algo verdadeiramente bom, um presente de Deus”, poderiam unir as pessoas, precisando de nossa ajuda para receber “uma injeção de calma, reflexão e ternura para se tornar uma rede não só de fios, mas de pessoas”. Com certeza, estes últimos trabalhos vinculados ao nosso Observatório constituem uma ajudinha pro sonho do papa.

 

Mais no blog:

Ciências da religião a distância

Bíblia pelo ciberespaço

Problematizando as crenças

Sobre felicidade… espiritualidade

Espiritualidade, modo de usar

Internet e espiritualidade

2 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.