COORDENADOR DO OBSERVATÓRIO NA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS EM ESTUDOS DE RELIGIÃO

 

De 14 a 16 de agosto a PUC-São Paulo acolheu um encontro importante no campo dos estudos de religião no Brasil. Além do colóquio com o coordenador de área da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES/MEC), ocorreu a assembleia eletiva da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Teologia e Ciências da Religião (ANPTECRE). Esta Associação congrega 21 Programas de Pós (Mestrados e Doutorados) desse campo de conhecimento, que acaba de conquistar sua autonomia frente à área mais ampla de filosofia. A nossa Católica de Pernambuco (UNICAP), que tem Programas em Teologia e em Ciências da Religião, fez-se representar pelos seus coordenadores, os colegas Cláudio Malzoni e Newton Cabral.

Para o biênio 2016-18, então, foram eleitos pelos coordenadores dos Programas da ANPTECRE novos Conselhos Científico e Fiscal, além do Conselho Diretor: formado pelos professores Fernanda Lemos (PPGCR-UFPB) como secretária, Claudio de Oliveira Ribeiro (PPGCR-UMESP) como vice-presidente e Gilbraz Aragão (PPGsTEO/CR-UNICAP) como presidente. A proposta desta chapa eleita é de agir sempre mais em conjunto como Conselho, fomentando a complementariedade entre os Programas de Ciências da Religião e de Teologia, e cada vez mais conjuntamente com as demais associações de estudos da religião no país.

No Recife, estamos contentes em poder colaborar mais para a ANPTECRE, certos de que o professor Gilbraz está à altura da sua presidência. Ele é doutor em Teologia pela PUC-RJ (2004) e mestre pela Pontifícia Faculdade de Teologia de São Paulo (1994), graduado em Filosofia e Teologia. Professor e Pesquisador da Universidade Católica de Pernambuco, onde atua nas Graduações e Pós em Ciências da Religião e em Teologia, é também colaborador do Programa de Ciências da Religião da UFPB. Membro do Conselho de Coordenação do Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida e titular (2014-18) do Comitê de Respeito à Diversidade Religiosa da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, membro da Sociedade de Teologia e Ciências da Religião do Brasil e vice-presidente (2010-16) da ANPTECRE, é coordenador do Grupo de Pesquisa interuniversitário sobre Espiritualidades, Pluralidade e Diálogo e do nosso Observatório Transdisciplinar das Religiões no Recife.

Vale lembrar que, desde 2007, a ANPTECRE vem trilhando uma firme caminhada em sua missão de apoio à pesquisa e pós-graduação no âmbito dos estudos de religião no país. Após os trabalhos de instalação da Associação, por Edênio Valle, as gestões de Flávio Senra e Wilhelm Wachholz empreenderam um importante debate sobre a epistemologia da área e fortaleceram a articulação dos Programas e a sua representatividade junto aos organismos de educação brasileiros, sobretudo ajudando a refinar os seus processos de avaliação.

O novo Conselho Diretor pretende completar esse ciclo e fomentar a criatividade acadêmica e política junto aos nossos professores e estudantes, em vista de desafios que emergem para os estudiosos de religião no Brasil. Vivemos tempos turbulentos de transformação sociopolítica, em que o fator religioso tem sido decisivo, o que demanda maior posicionamento crítico dos pesquisadores da área no espaço público, em especial nas questões relacionadas à educação religiosa republicana e ao lugar do espiritual nos processos democráticos.

A mística é religação com o outro lado, misterioso e profundo, de toda a realidade: em nosso interior, na natureza e na história, na face do outro. As experiências místicas e espirituais, contudo, podem se perverter e degenerar em neurose e alienação. Daí a importância das Teologias e Ciências da Religião em geral, que, desde perspectivas mais internas ou mais externas às tradições religiosas, buscam contextualizar e interpretar os significados mais profundos do que é experimentado como sagrado em cada cultura.

 

Para saber mais:

Observatório em Projeto Internacional

Militância pelo Ensino Religioso

Para além da tolerância

.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.