Apresentação v. 8, n. 16, jul./dez. 2021

Religião e Política no Brasil

Autores

  • Marcos Vinicius de Freitas Reis UNIFAP
  • Carlos Eduardo Bartel Instituto Federal Catarinense (IFC)

DOI:

https://doi.org/10.25247/hu.2021.v8n16.p142-146

Palavras-chave:

Estado laico, Posicionamentos ideológicos, Eleições, Voto, Campo

Resumo

Religião e política são dois fenômenos que, ao longo da história dialogam entre si, ambos andaram de mãos dadas, desde a antiguidade até a Revolução Francesa que, pelo menos em termos formais, os separou ao propor a noção de Estado laico. No Brasil as mediações entre religião e política, objeto de análise do presente Dossiê, foram juridicamente separadas com a proclamação da República em 1889. Tal separação ocorreu do ponto de vista jurídico e administrativo, sendo ambas as noções afastadas, mas de fato continuaram próximas através de inúmeras questões, que do religioso apolítico ao militante engajado perpassam visões de mundo, posicionamentos ideológicos, dos meios de comunicação, a questão do voto, das eleições e do comportamento eleitoral, entre muitos outros temas, compatíveis e incompatíveis, que propõem essa mediação entre religião e política...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Bartel, Instituto Federal Catarinense (IFC)

Doutor em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e docente do Instituto Federal Catarinense (IFC). Professor do Curso de Pós-Graduação em Educação Interdisciplinar.

Referências

Revista His´tória Unicap.

Downloads

Publicado

2021-12-29

Como Citar

Freitas Reis, M. V. de, & Bartel, C. E. . (2021). Apresentação v. 8, n. 16, jul./dez. 2021: Religião e Política no Brasil. HISTÓRIA UNICAP, 8(16), 142–146. https://doi.org/10.25247/hu.2021.v8n16.p142-146